PT EN   

ATUALIDADE


Notícias

2º Conferência “Reabilitação de edifícios e SCIE” decorre dia 30 de novembro
2016-11-28
Vai ter lugar no dia 30 de novembro a 2º Conferência “Reabilitação de edifícios e SCIE” promovida pela Ordem dos Arquitectos. A conferência tem lugar na Sede da Ordem dos Arquitectos, em Lisboa. As inscrições estão a decorrer aqui

A APSEI marcará presença na moderação do primeiro painel da Conferência dedicado à legislação de SCIE e a reabilitação do edificado.

A legislação de segurança contra incêndios (SCIE) foi concebida tendo em mente a sua aplicação em construções novas, sendo de muito difícil aplicação em edifícios existentes sem desvirtuar a sua imagem arquitectónica. A revisão do Regime Jurídico de SCIE feita em 2015 introduziu alterações com vista a enquadrar os edifícios existentes mas não se perspetiva que venham a haver quaisquer alterações no que diz respeito às disposições do Regulamento Técnico.

Tendo em conta que em Portugal a reabilitação do edificado tem uma importância crescente no volume de obra total, urge promover o debate público do impacto da SCIE nas intervenções a edifícios existentes e avaliar se as alterações regulamentares recentes trouxeram alguma mais-valia.
 
Programa
9h45 - Sessão de abertura – Arq. João Santa-Rita (OA)

10h – Painel A legislação de SCIE e a reabilitação do edificado
Balanço da 1ª alteração ao RJ-SCIE no que diz respeito à intervenção em edifícios existentes - Arq. Carlos Souto (ANPC)
Reação ao fogo para produtos de construção – Reflexões sobre a prescrição no projeto de reabilitação - Arq. José Laranjeira (Oficina Ideias em Linha)
As exigências de reação ao fogo e a sua compatibilização com os requisitos térmicos e acústicos - Eng.ª Maria Lerer (NaturalWorks)
A aplicação de sprinklers em edifícios existente – Arq. Pedro Silvano (Com Escala)
Mesa redonda com moderação do Dr. Gonçalo Sítima (APSEI)

11h15 – Coffee break

11h45 – Painel A utilização de Medidas de Autoproteção como medida compensatória
O projeto baseado no desempenho e a vulnerabilidade das infraestruturas críticas: o caso dos museus e palácios do património nacional - Eng. José Gonçalves (DGPC)
A experiência do Serviço Municipal de Proteção Civil de Lisboa na gestão de MAPs - Arq. Pedro Barbosa (Proteção Civil Municipal)
As MAPs como medida compensatória a não conformidades: o exemplo do Teatro Nacional de São Carlos – Arq.ª Cidália Worm (ETU)
Mesa redonda com moderação da Eng.ª Filomena Ferreira (OE)

13h – Pausa para almoço

14h30 – Painel Metodologias de apoio ao projeto na reabilitação do edificado
Utilização de métodos de análise de risco ao abrigo do artigo 14ºA - Arq. Paulo Ramos e Arq. Pedro Silvano (OA)
Avaliação do risco de incêndios – Respostas aos artigos 14º e 14ºA – Eng. Miguel Chichorro (FEUP)
Medidas compensatórias: análise qualitativa utilizando a NFPA 550 – Eng. Rui Oliveira (ISEC)
Investigação pós-incêndio e as lições que podem ser tiradas para o projeto de reabilitação de edifícios existentes – Eng. António Carvalho (AMP - Peritagens Técnicas)
Mesa redonda com moderação do Eng. José Oliveira (ANPC)

15h45 – Coffee break

16h15 – Painel Casos de estudo de projetos de SCIE de reabilitação do edificado
Reabilitação de um lar de deficientes mentais e espaço museológico – Arq. Ricardo Sampaio (Caligrafias Urbanas)
A importância da compartimentação na reabilitação de Retail Parks – Eng. Vilarim Reis (Engivilarte)
Boa-Hora: conversão de um tribunal em escola – Arq. Paulo Ramos (ETU)
Mesa redonda com moderação do Eng. João Carlos Faria (OET)

17h15 – Encerramento dos trabalhos
 
Este congresso conta com o apoio da APSEI como media partner e o patrocínio da Sinalux.
« voltar