PT EN   

ATUALIDADE


Notícias

Eduardo Cabrita será o novo ministro da Administração Interna
2017-10-19
Eduardo Cabrita substitui Constança Urbano de Sousa na Administração Interna. A tomada de posse está marcada para o próximo sábado, dia 21, em Belém.

O primeiro-ministro propôs ontem ao Presidente da República a nomeação de Eduardo Cabrita para o cargo de ministro da Administração Interna e de Pedro Siza Vieira para ministro-adjunto do primeiro-ministro. As alterações ao elenco governativo foram aceites por Marcelo Rebelo de Sousa.

Numa nota publicada na página da presidência da República na internet, o Presidente comunica que aceitou as propostas do primeiro-ministro para a “exoneração, a seu pedido, da Ministra da Administração Interna, Prof. Doutora Maria Constança Urbano de Sousa e de nomeação do Dr. Eduardo Arménio do Nascimento Cabrita para o cargo de Ministro da Administração Interna.”

Adicionalmente, “aceitou a proposta do primeiro-ministro de nomeação do Dr. Pedro Siza Vieira para Ministro-adjunto do primeiro-ministro”.

Os novos ministros tomam posse no próximo sábado, dia 21, às nove da manhã, no Palácio de Belém. Eduardo Cabrita disse ontem que “respeita profundamente” a decisão da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, de se demitir. “Manifesto toda a solidariedade pessoal com a minha colega do Governo e a minha amiga professora Constança Urbano de Sousa e respeito aquilo que foi a sua opção”, disse Eduardo Cabrita aos jornalistas, na Guarda.

O governante falava no final de uma reunião realizada nos Paços do Concelho daquela cidade, com autarcas dos municípios de Guarda e Sabugal, que foram afetados pelos incêndios que deflagraram no domingo e na segunda-feira.

Percurso político

Eduardo Cabrita nasceu no Barreiro, em 1961. Licenciado em Direito, foi professor das disciplinas de Finanças Públicas e de Direito Fiscal na Faculdade de Direito de Lisboa de 1982 a 1988. Fez parte, como adjunto, do gabinete da secretária de Estado da Administração Autárquica no IX Governo Constitucional, em 1984/85, era então Mário Soares primeiro-ministro.

Foi secretário de Estado Adjunto do Ministro da Justiça no XIV Governo Constitucional, entre 1999 e 2002, liderado por António Guterres. E fez parte do primeiro governo de José Sócrates como secretário de Estado Adjunto e da Administração Local. É inspetor do quadro da Inspeção-Geral de Finanças desde 1985, atualmente com a categoria de Inspetor de Finanças Superior.

Pedro Siza Vieira, amigo de António Costa

O advogado da firma Linklaters, Pedro Siza Vieira, de 53 anos, substitui Eduardo Cabrita como ministro-adjunto do primeiro-ministro. Amigo de António Costa, é membro da Estrutura de Missão para a Capitalização das Empresas, criada em dezembro de 2015.

Fonte: Dinheiro Vivo
« voltar