PT EN   

ATUALIDADE


Notícias

Setembro poderá ser marcado por manifestação policial
2016-07-27
As estruturas sindicais que representam as forças de segurança em Portugal avisaram que se diversos assuntos fulcrais e urgentens não forem resolvidos atempadamente, em setembro voltarão às ruas para manifestarem o seu descontentamento.
Em declarações à Rádio Renascença, Mário Andrade, presidente do Sindicato dos Profissionais de Polícia adiantou que na sua grande maioria, são “matérias administrativas”, como a “publicação da lista de antiguidades, o anúncio da previsibilidade de mobilidades intercomandos, a listagem dos pedidos à pré-aposentação, a calendarização do início do 13º curso de agentes”, que se encontram à espera de uma solução.

O presidente do Sindicato dos Profissionais adianta que, se estes assuntos não forem tratados muito em breve, “em setembro agendaremos o dia da manifestação pública frente à Direção Nacional da PSP”.

Recorde-se que no dia de ontem, dez estruturas sindicais da polícia reuniram-se para debater as medidas a tomar, tendo decidido aguardar para perceber se a ministra Constança Urbano de Sousa terá resposta às reivindicações das estruturas sindicais.

Mário Andrade afirmou igualmente que oito meses após novo estatuto, já se esperava que estas questões estivessem resolvidas. Além disso, as forças policiais estão indignadas com a ausência de resposta por parte da Direção Nacional da PSP, que acusam de não ter dado resposta a um pedido de reunião enviado no passado mês de maio.
« voltar