PT EN   
 
Catálogo de Formação

Curso de Técnico Responsável de Segurança contra Incêndio - Inicial

A Formação Inicial de Técnico Responsável de Segurança contra Incêndios em Edifícios (conforme Registo das Entidades da ANPC) permite dar cumprimento aos requisitos mínimos legais do Despacho nº 10738/2011, de 30 de agosto, no referente à formação dos Técnicos Responsáveis pela Comercialização, Instalação e ou Manutenção de Equipamentos e Produtos de Segurança contra Incêndios em Edifícios, para efeitos de Acreditação pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), no âmbito do Registo de Entidades estabelecido pela Portaria nº 773/2009. Para efeitos da acreditação na ANPC, para além da realização desta formação, os Técnicos Responsáveis têm de demonstrar possuir 1 ano de experiência nas áreas em que pretendam obter a acreditação na ANPC.

CAMPANHAS PROMOCIONAIS DISPONÍVEIS! Veja o separador PREÇOS.
Ficha de Inscrição

Destinatários

Técnicos responsáveis pela comercialização, instalação e ou manutenção de produtos e equipamentos de segurança contra incêndios em edifícios.

Condições de Acesso
Escolaridade mínima obrigatória, de acordo com a data de nascimento.
 
Nº de Formandos/Curso
O número máximo de inscrições por curso será limitado a 24 formandos.

Carga Horária

Formação Geral: 16 horas

Deteção de Incêndios e Gases: 20 horas

Extinção por Agentes distintos de Água: 20 horas

Controlo de Fumo: 20 horas

Extintores: 24 horas

Extinção por Água: 24 horas

Portas e Envidraçados Resistentes ao Fogo: 20 horas

Sistemas de Compartimentação e Revestimentos Contra Incêndios: 20 horas

Conteúdos

Formação Geral
Regulamentação nacional e normas, conceitos básicos de SCIE, noções gerais de equipamentos e sistemas de proteção passiva, proteção ativa e deteção de incêndios e gases, noções de projeto de SCIE e de interpretação de projeto aplicado aos sistemas de SCIE, condições técnicas, medidas de autoproteção e comunicação e ética profissional.


Formação Específica
Conceção, instalação e manutenção de produtos e equipamentos de SCIE (incluindo regulamentação, normas e casos práticos), compreendendo as seguintes áreas:
  • Portas e Envidraçados Resistentes ao Fogo
  • Sistemas de Compartimentação e Revestimentos contra Incêndios: Paredes e tectos resistentes ao fogo; Selagens resistentes ao fogo; Revestimentos para proteção de estruturas.
  • Controlo de Fumo: Sistemas de desenfumagem natural e forçada.
  • Deteção de Incêndios e Gases: Deteção de incêndios; Deteção de gases combustíveis e CO.
  • Extintores: legislação aplicável à manutenção de extintores; química do fogo; Noções avançadas de extintores; Organização do serviço (teórica e prática).
  • Extinção por Água: Princípios de hidráulica; Centrais de bombagem para incêndio; Redes de incêndio; Sistemas de extinção por sprinklers; Sistemas de extinção por espuma; Sistemas de cortina de água.
  • Extinção por Agentes distintos de Água: Extinção por gases; Extinção por água nebulizada.

Os formandos poderão optar por uma ou várias das Áreas de Formação Específica listadas, sendo-lhes assim atestada a competência técnica nas áreas selecionadas.
 

Caso Especial: Para efeitos de acreditação por parte da ANPC, os Técnicos que laborem em exclusividade na atividade de sinalização de segurança e os Técnicos que possuam curso de manutenção de extintores, cumprindo o disposto na NP 4413, realizados antes de 31 de agosto de 2011, apenas necessitam de frequentar e obter aproveitamento na Formação Geral.
 

Avaliação

A avaliação assumirá a forma de testes de conhecimentos escritos sobre os conteúdos ministrados na Formação Geral e em cada uma das Formações Específicas.

Certificados

A emissão do certificado é da responsabilidade da APSEI que é Entidade Formadora Acreditada pela Direção-Geral do Emprego e Relações do Trabalho (DGERT).

A APSEI cumpre com os art. 6º e 9º do Despacho n.º 10738/2011, relativos, respetivamente, às entidades formadoras e aos Certificados de Formação.

Formadores

Carlos Fernandes
Licenciado em Engenharia Civil pela Academia Militar, no curso de Engenharia Militar. É Mestre em Segurança Contra incêndio pela Universidade de Coimbra e Laboratório Nacional de Engenharia Civil. Possui formação complementar diversa na área da segurança militar e civil. É Formador, Consultor e Projetista de Segurança Contra Incêndios. Desempenha atualmente as funções de Chefe da Repartição de Obras, na Direção de Infraestruturas do Exército. Além das funções de Oficial de Segurança Militar em Unidades Militares, desempenhou, no Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, as funções de Adjunto Técnico do Comando e de 2º Comandante. Exerceu as funções de Chefe da Divisão de Planeamento, Projetos e Fiscalização da Guarda Nacional Republicana. Foi Professor Adjunto do Instituto Politécnico de Leiria dos Cursos de Proteção Civil. Membro do Grupo de Trabalho CT 46/SC 2/GT 7 – Ventilação e controlo de fumo em parques de estacionamento cobertos.
Carlos Ferreira de Castro
Engenheiro Eletrotécnico pelo Instituto Superior Técnico (IST) na especialidade de Telecomunicações e Eletrónica. Especialista de Segurança pela Ordem dos Engenheiros. Foi docente em diversas instituições de ensino de renome. Foi Responsável pela elaboração, na qualidade de perito externo do Serviço Nacional de Bombeiros e Proteção Civil (atual  ANPC) do projeto de Regulamento Geral de Segurança contra Incêndio em Edifícios. É projetista e consultor de segurança contra incêndio em edifícios e estabelecimentos de vários tipos e Diretor Geral da “Action Modulers – Consultores de Segurança”.
Carlos Nobre
Mestre em Engenharia de Redes de Computadores e Multimédia e Licenciado em Engenharia, Telecomunicações e Computadores pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa e MBA em Gestão de Negócios pela Universidade Autónoma de Lisboa. Ligado à Área da Segurança Eletrónica desde 1989, é atualmente responsável pelos mercados verticais (suporte e acompanhamento de projetos a gabinetes e clientes finais, nacionais e internacionais), dentro de uma equipa com operação a nível Ibérico, na UTC Fire & Security (antiga GE Security).  
Carlos Telo da Fonseca
Possui diversas formações na área da segurança contra incêndios em edifícios. Enquanto Vogal, acompanha a atividade normativa da área da segurança contra incêndios desde 2001. Possui uma extensa experiência profissional enquanto formador na área da segurança contra incêndios, designadamente sobre equipamentos e sistemas de SCIE. 
José Dias Barata
Licenciado em Engenharia Mecânica pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL). É Técnico Superior de Segurança e Consultor Técnico, no âmbito da Engenharia de Segurança, em várias empresas. É Projetista de Segurança contra Incêndios para as 3ª e 4ª categoria de risco, nos termos do Decreto-Lei 220/2008, Portaria 1532/2008 e Portaria 64/2009. É ainda Conselheiro de Segurança ADR e Formador na área da Engenharia de Segurança.
Marco Miguel
Licenciado em Engenharia Eletrotécnica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, na especialidade de Sistemas de Energia e Pós-graduado em Energia e Gestão do Ambiente pela Universidade de Aveiro. Desempenhou funções na Efacec de responsável de frente de obra e de gestor de projetos. Foi técnico superior de Segurança Contra Incêndio em Edifícios na ANPC – Autoridade Nacional de Proteção Civil, no exercício de ações de fiscalização e apreciação das condições de segurança contra incêndio em edifícios no CDOS do Porto, no CDOS de Lisboa e nos serviços centrais.Atualmente é projetista e consultor de segurança contra incêndio em edifícios, sendo simultaneamente formador especialista em diversos cursos e docente do ensino superior desde 2009. É coautor do livro “Regulamento de Segurança em Tabelas”.
Miguel Lobato
Pedro Pequito
Licenciado em Engenharia Mecânica pelo ISEL - Instituto Superior de Engenharia de Lisboa. Entre 1988 e 2005 trabalhou em HARKER, SUMNER, S.A e em GUSTAVO CUDELL, Lda. Desde 1995 até à atualidade ocupa o lugar de administrador delegado e gerente da P2i (anterior LPG - Portugal).  Ministra formação na área da extinção automática de incêndios por agentes gasosos no LNEC, na APSEI e na APS. Integra a ONS / APSEI como vogal da CT 46 – Segurança Contra Incêndios e Símbolos Gráficos desde 1998, sendo desde 2010 presidente da referida CT. Docente no curso de pós-graduação em Engenharia de Proteção Contra Incêndios de Edifícios da Universidade de Coimbra/LNEC. Autor de diversos artigos técnicos.
Sílvio Saldanha
É licenciado em Gestão de Marketing pelo Instituto Português de Administração de Marketing (IPAM). Foi Diretor Comercial na TRIA, Lda. e Diretor Executivo, Consultor e Coordenador de Projeto na empresa Consulfogo, Consultoria e Formação em Proteção Incêndio Lda. É formador acreditado. Organizou e participou em diversos seminários e conferências na área do Novo Regime Jurídico de Segurança Contra Incêndios em edifícios. É ainda autor de vários artigos técnicos sobre Proteção Passiva Contra Incêndios em Edifícios, com destaque na Proteção passiva contra incêndios em edifício: selagens resistentes ao fogo; e Reflexões sobre Proteção Passiva Contra Incêndio em Estruturas Metálicas. 
Tiago Cardoso
Licenciado em Psicologia das Organizações e Trabalho, com Pós-graduações em Seleção de Recursos Humanos e Direcção comercial pelo Indeg ISCTE, participa em várias ações de formação nas temáticas de comunicação empresarial, Qualidade e serviço e relações inter-pessoais. Formador acreditado trabalha numa multinacional como diretor de vendas no departamento de pós-venda.
Vitor Primo
É licenciado em Engenharia pela Academia Militar e mestrado em Segurança contra Incêndios Urbanos pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil. Desempenhou funções de Adjunto Técnico e de Comandante do Batalhão de Sapadores Bombeiros do Porto. De 2008 a 2011 desempenhou funções como Técnico de Segurança contra Incêndio em Edifícios no Comando Distrital de Operações de Socorro do Porto da Autoridade Nacional de Proteção Civil. É professor e formador em diversos cursos da área da Segurança Contra Incêndio em Edifícios.

Local

Lisboa: Sede da APSEI - Rua Cooperativa A Sacavenense, nº 25, C/F - 2685-005 Sacavém 

Porto: ANTRAM - Região Norte | Rua António Nicolau D’Almeida, n.º 45 – Escritório 3.9 (em frente à Auto-a
Sueco/Porto) - 4100-320 Porto

Próximas edições

Módulos:
- Formação Geral
Lisboa: 12 e 13 de outubro,2017 (9h00 - 18h00)
Porto: 26, 27 e 28 de outubro, 2017 (9h00 - 18h00)

- Extinção por Água*
Lisboa: 23, 24 e 25 de outubro, 2017 (9h00 - 18h00) + Casos Práticos 15 de novembro, 2017 (9h00 - 13h00)
Porto: 11, 12 e 13 de dezembro, 2017 (9h00 - 18h00) + Casos Práticos 13 de dezembro, 2017 (14h00 - 18h00)

- Extintores
Lisboa: 6, 7 e 8 de novembro (aula prática 8 de novembro) - 9h00 - 18h00
Porto: 16, 17 e 18 de outubro, 2017 (aula prática 18 de outubro) - 9h00 - 18h00

- Deteção de Incêndios e Gases*
Lisboa: 10 e 11 de novembro, 2017 (9h00 - 18h00) + Casos Práticos 15 de novembro, 2017 (9h00 - 13h00)
Porto: 17 e 18 de novembro, 2017 (9h00 - 18h00) + Casos Práticos 7 de dezembro, 2017 (14h00 - 18h00)

- Portas e Envidraçados Resistentes ao Fogo*
Lisboa: 11 e 12 de dezembro, 2017 (9h00 - 18h00) + Casos Práticos 15 de dezembro, 2017 (14h00 - 18h00)
Porto: 20 e 21 de novembro, 2017 (9h00 - 18h00) + Casos Práticos 7 de dezembro, 2017 (14h00 - 18h00)

- Sistemas de Compartimentação e Revestimentos Contra Incêndios*
Lisboa: 11 e 13 de dezembro, 2017 (9h00 - 18h00) + Casos Práticos 15 de dezembro, 2017 (14h00 - 18h00)
Porto: 20 e 22 de novembro, 2017 (9h00 - 18h00) + Casos Práticos 7 de dezembro, 2017 (14h00 - 18h00)

- Controlo de Fumo*
Lisboa: 3 e 4 de novembro, 2017 (9h00 - 18h00) + Casos Práticos 15 de dezembro, 2017 (14h00 - 18h00)
Porto: Casos Práticos 13 de dezembro, 2017 (14h00 - 18h00)

- Extinção por Agentes distintos de Água*
Lisboa: 24 e 25 de novembro, 2017 (9h00 - 18h00) + Casos Práticos 15 de dezembro, 2017 (14h00 - 18h00)
Porto: 10 e 11 de novembro, 2017 (9h00 - 18h00) + Casos Práticos 7 de dezembro, 2017 (14h00 - 18h00)





 

Preços

Formação Geral:
Associado Empresa da APSEI: 180€
Associado Individual A / Observador da APSEI: 235€
Não Associados da APSEI: 260€
 
Formação Específica de 20 horas:
Associado Empresa da APSEI: 200€
Associado Individual A / Observador da APSEI: 245€
Não Associados da APSEI: 290€

Formação Específica de 24 horas:
Associado Empresa da APSEI: 240€
Associado Individual A / Observador da APSEI: 290€
Não Associados da APSEI: 340€
 
Nota: a todos os valores acresce IVA à taxa em vigor. Valor da pré-inscrição: 75€
 
CAMPANHAS PROMOCIONAIS

> 10% DESCONTO A PARTIR DA 3ª FORMAÇÃO ESPECÍFICA

> PREÇOS REDUZIDOS PARA INSCRIÇÕES ATÉ 3 MESES ANTES DO INÍCIO DO CURSO - EXCLUSIVO PARA ASSOCIADOS DA APSEI

Formação Geral:
Associados Efetivos: 120€ / Associados Individuais A: 150€

Deteção de Incêndios e Gases:
Associados Efetivos: 140€ / Associados Individuais A: 170€

Extintores:
Associados Efetivos: 190€ / Associados Individuais A: 230€

Controlo de Fumo:
Associados Efetivos: 160€ / Associados Individuais A: 185€

Extinção por Agentes distintos de Água:
Associados Efetivos: 160€ / Associados Individuais A: 185€

Extinção por Água:
Associados Efetivos: 190€ / Associados Individuais A: 230€

Portas e Envidraçados Resistentes ao Fogo:
Associados Efetivos: 160€ / Associados Individuais A: 185€


Sistemas de Compartimentação e Revestimentos Contra Incêndios:
Associados Efetivos: 160€ / Associados Individuais A: 185€


Campanhas não acumuláveis.


Toda a documentação dos cursos da APSEI é fornecida aos formandos em formato digital. A impressão em papel e a cores das apresentações da formação geral do curso Formação Inicial de Técnico Responsável de SCIE , com uma carga horária de 16 horas, tem um custo de 43€. A impressão da documentação para cada formação específica deste curso tem um custo de 58€. Caso pretenda adquirir esta impressão, deverá contactar previamente a APSEI e solicitar este serviço.

Contactos

Para informações adicionais contactar:
apsei@apsei.org.pt | Tel: 219 527 849 | Fax: 219 527 851

Mais Informações

  • Área de Formação: 861 - Proteção de Pessoas e Bens
  • Forma de Organização da Formação: Presencial
  • Modalidade: Formação Modular Contínua
  • Métodos de Aprendizagem: Expositivo e Interrogativo
  • Recursos Pedagógicos:
    • Documentação de Apoio: Manual do curso (powerpoints)
    • Meios Audiovisuais Utilizados: PC, Data Show, Flipchart
    • Espaço: Sala de formação teórica, Oficina de Extintores
    • Outros Recursos utilizados: Exemplos práticos, Equipamentos de Segurança Contra Incêndio, Equipamentos de Manutenção de Extintores, Folhas de Registo de Manutenção
« voltar