PT EN   


Edições

PROTEGER #34 - Julho de 2018
Publicidade
Artigos nesta edição

Substâncias Perigosas

A evolução da sociedade alavancou a criação de profissões, equipamentos e automatizações de processos que permitem dar uma resposta adequada às exigências do panorama atual. Estas alterações trouxeram novos desafios, nomeadamente para a segurança do trabalhador. O manuseamento de substâncias perigosas, quer através da atividade laboral, quer através  do seu transporte, traz elevados riscos para a segurança de todos os elementos envolvidos, sendo urgente detetar-se e antever possíveis situações de perigo.

Nesta edição iremos focar os cuidados a ter no manuseamento e expedição de componentes com lítio, a articulação entre a legislação de segurança e saúde no trabalho e o fabrico e comercialização de substâncias perigosas, e o esforço, a nível da União Europeia, na divulgação de informações sobre a forma como a exposição a substâncias perigosas pode ser evitada.

Transportes de pilhas e baterias de lítio, ou de equipamentos/embalagens que as contenham

Os principais tipos de pilhas e baterias de lítio, quais os riscos existentes e como reduzi-los – João Cezília Especialista em transporte de mercadorias perigosas; Tutorial, Lda.;  Membro do NAMP.

Substâncias e misturas perigosas relação do REACH e CLP com a legislação SST – Algumas Notas

Relação do REACH e CLP com o cumprimento de obrigações SST. Enquadramento da legislação, comunicação na cadeia de  abastecimento e dificuldades de implementação – Susana Gomes, APQuímica – Associação Portuguesa da Química, Petroquímica e Refinação

Uma campanha europeia sobre a gestão do risco químico nos locais de trabalho

A campanha da EU-OSHA para 2018-2019 aposta no tema “Locais de Trabalho Saudáveis – Gerir as Substâncias Perigosas” – Emília Telo, Coordenadora do Ponto Focal Nacional da Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (EU- OSHA)

Outras Edições