PT EN   


Edições

PROTEGER #37 - Abril de 2019
Publicidade
Artigos nesta edição

Segurança Contra Incêndio: que caminho?

As características das novas construções, a utilidade final dos edifícios e o meio em que estão enquadrados influenciou muito a evolução da área de segurança contra incêndios em edifícios (SCIE) e a legislação que a regula. A nível nacional, contudo, parece ainda existir um longo caminho a percorrer para se chegar ao nível de muitos países europeus.

Identificando a importância de abordar este tema e analisar as diferentes perspetivas sobre o mesmo, nesta edição, faremos uma reflexão sobre o futuro da área de SCIE, bem como a contextualização da situação atual do setor em Portugal, face a outros países da Europa, sem esquecer o enquadramento formativo de projetistas de SCIE e de autores de medidas de autoproteção.

Uma breve reflexão sobre caminhos possíveis na área da segurança ao incêndio

A importância da multidisciplinaridade e as inter‑relações entre as várias áreas do conhecimento no futuro da SCIE – António Leça Coelho, Investigador Principal com habilitação no LNEC

SCIE – Recuperar o atraso

O estado da SCIE em Portugal e os obstáculos a ultrapassar para suprimir o atraso em relação a países de referência – Carlos Ferreira de Castro, Sócio Gerente e Responsável pela Unidade de Proteção e Segurança da ACTION Modulers

Formação de projetistas de SCIE e de autores de medidas de autoproteção

A necessidade de se regular o exercício da profissão e de se elevar os critérios de atribuição de títulos profissionais  –  Marco Miguel, Consultor de Segurança Contra Incêndio em Edifícios

Outras Edições